Responsive image


Felipe Faria



Felipe Faria

Felipe Faria, nascido em 1964, na cidade de Santos, realizou sua graduação em Biologia, em 2003, na Universidade Federal de Santa Catarina-UFSC, instituição na qual também obteve os títulos de mestre na área de Biologia Vegetal, em 2005, e doutor em Ciências Humanas, em 2010, e também onde desenvolveu seu estágio pós-doutoral na área de Epistemologia (2010-2014). Foi professor colaborador desta instituição (UFSC), onde também integra os grupos de pesquisas “Fritz Müller-Desterro de Estudos em História e Filosofia da Biologia” (UFSC) e “Paleoinvertebrados e Icnofósseis do Brasil”, na linha de pesquisa “História da paleontologia brasileira e as coleções geopaleontológicas do Museu Nacional” (UFRJ). Como resultado de sua pesquisa acadêmica, publica artigos especializados sobre a Filosofia e a História da Paleontologia e da Geologia, discutindo temas implicados na formação e desenvolvimento dessas áreas científicas e o impacto que o conhecimento por elas produzido tem no pensamento biológico. Em 2010 elaborou um projeto, contemplado pelo CNPq, para a realização de um livro a partir de sua tese de doutorado. Intitulado Georges Cuvier: do estudo dos fósseis à paleontologia, essa obra integra a série História da Ciência, da Coleção de Estudos sobre a Ciência e Tecnologia, editada por esta associação em parceria com a Editora 34.


link para o Currículo Lattes


LIVRO

FARIA, Felipe A. Georges Cuvier: do estudo dos fósseis à paleontologia. Editora 34/Associação Filosófica Scientiae Studia, 2012.

 

ARTIGOS

FARIA, Felipe. A lei de Marsh do crescimento cerebral e a ideia de progresso biológico na evoluçãoScientiae Studia, v. 15, p. 387-410, 2018.

FARIA, Felipe. O Neolamarckismo de Edward Drinker Cope e a ideia de progresso biológico no processo evolutivo História, Ciências, Saúde – Manguinhos, Rio de Janeiro, v.24, n.4, out.-dez., p.1009-1029, 2017.

FARIA, Felipe. Actualismo, catastrofismo y uniformitarismo. In: Pérez, María Luisa Bacarlett & Caponi, Gustavo. Pensar la vida: filosofía, naturaleza y evolución. Toluca: Universidad Autónoma del Estado de México, p. 55-80, 2015.

FARIA, Felipe. As duas faces da morfologia: funcionalismo e formalismo. Scientiae Studia, v. 13, n.3, p. 679-684, 2015.

FARIA, Felipe. Leis, causas e explicações em biologia. Filosofia e História da Biologia, v. 10, n. 1, p. 149-53, 2015.

FARIA, Felipe. O Atualismo entre uniformitaristas e catastrofistas. Revista Brasileira de História da Ciência, 7 (1), p. 101-9, 2014.

FARIA, Felipe. Georges Cuvier et le premier paradigme de la paléontologie. Revue de Paléobiologie, 32 (2), p. 297-302, 2013.

FARIA, Felipe. A carta de Cuvier à J-C Mertrud: uma introdução à anatomia comparada. Filosofia e História da Biologia, vol. 8, n. 3, Fascículo Especial: Fontes Primárias da História da Biologia, p. 475-91, 2013.

FERNANDES, A.C.S., FARIA, Felipe & ANTUNES, M.T. Manuel Aires de Casal, o beemote de Jó e o registro das ocorrências fossilíferas brasileiras no início do século XIX. Filosofia e História da Biologia, vol. 8, n. 2, p. 133-150, 2013.

FARIA, F. Felipe A. A revolução darwiniana na paleontologia e a ideia de progresso no processo evolutivo. Scientiae Studia, v. 10, n. 2, 2012.

FARIA, F. Felipe A. Joseph Leidy entre dois paradigmas da paleontologia. Bol. Mus. Para. Emílio Goeldi. Cienc. Hum., Belém, 2012, 7 (2), p. 547-561.

FARIA, F. Felipe A. O lugar do homem no Catastrofismo de Cuvier. In: QUARTIM, João M. (Org.). Materialismo e Evolucionismo II - A origem do homem. UNICAMP-CLE. Campinas, 2011, p. 141-70.

PRESTES, M. E. B. & FARIA, Felipe. Lazzaro Spallanzani and fossils: from a naturalist’s travel observations to the teaching of natural history. História, Ciências, Saúde - Manguinhos, Rio de Janeiro, v. 18, n. 4, p. 1005-1020, out-dez. 2011.

PRESTES, Maria Elice B.; FARIA, F. Felipe A. Lazzaro Spallanzani e os fosseis das observacoes em viagens naturalisticas ao ensino de historia natural. Hist., Cienc., Saúde - Manguinhos, Dez 2011, vol.18, n. 4, p.1005-20.

FARIA, F. Felipe A. O princípio das condições de existência na história natural darwiniana e cuvieriana. Investigação Filosófica, v. 1, p. artigo 1-12, 2011.

FARIA, F. Felipe A. Darwin e as Estradas Paralelas de Glen Roy. In: VII Encontro de Filosofia e História da Biologia, 2011, São Paulo. Anais do VII Encontro de Filosofia e História da Biologia. São Paulo: Mack Pesquisa, v. 1, p. 45-70, 2011.

FARIA, F. Felipe A.; PRESTES, Maria. Elice B. Discussões de Lazzaro Spallanzani sobre a origem e constituição dos fósseis. Filosofia e História da Biologia, v. 5, p. 73-95, 2010.

FARIA, F. Felipe A. Peter Lund (1801-1880) e o questionamento do Catastrofismo. Filosofia e História da Biologia, v. 3, p. 139-156, 2008.

FARIA, F. Felipe A. "Condições de Existência": constrições para uma plenitude das formas. Filosofia e História da Biologia, v. 2, p. 179-190, 2007.

FARIA, F. Felipe A. O despontar de um paradigma na Paleontologia. Filosofia e História da Biologia, v. 1, p. 125-136, 2006.

FARIA, F. Felipe A. O paradigma de Cuvier. In: MARTINS, Roberto de Andrade; SILVA, Cibele C.; FERREIRA, Juliana Mesquita H.; MARTINS, Lilian Al-Chueyr P. (Org.). Filosofia e História da Ciência no Cone Sul - Seleção de trabalhos do 5o. Encontro, 1ª ed. Campinas: Associação de Filosofia e Historia da Ciência do Cone Sul (AFHIC), v. 1, p. 163-171), 2006.

FARIA, F. Felipe A. O Neolamarckismo de Edward Drinker Cope e a ideia de progresso biológico no processo evolutivo. Manguinhos, Rio de Janeiro. Historia, Ciencias, Saude, 24(4), p. 1009-1029, 2017.


RESENHAS

FARIA, F. Felipe A. Georges Cuvier: História Natural em tempos pré-darwinianos. História, Ciências, Saúde-Manguinhos (Impresso), v. 17, p. 1031-1034, 2010


TRADUÇÔES

FARIA, F. Felipe A. Georges Cuvier e a constatação do fenômeno da extinção. São Paulo: Associação de História e Filosofia da Biologia (Boletim), 2010. (Tradução/Artigo).